A tarefa de colocar um iPhone para carregar pode parecer simples. No entanto, o mau uso da carga da bateria pode se tornar um problema no futuro, e comprometer a saúde do carregamento do smartphone, que fica cada vez mais baixa.

Apesar das poucas mudanças feitas pela Apple na bateria de íon de lítio que acompanha os iPhones, a empresa se preocupou em melhorar funções de gerenciamento de energia, promovendo estabilidade e soluções fáceis e práticas para melhorar a saúde da bateria.

Essa função por si só já ajuda os usuários a não caírem em informações falsas propagadas pela Internet sobre formas corretas de carregar o aparelho. Portanto, a sua maneira de carregar o iPhone provavelmente não está errada, mas é preciso se atentar a alguns pontos para garantir que o carregamento não comprometa a durabilidade da bateria do seu dispositivo.

Cabos e carregadores originais são mais seguros

Os carregadores que não são fabricados ou homologados pela Apple muito provavelmente não passaram por rigorosos testes de qualidade. A utilização deles pode comprometer a bateria e ainda colocar em risco a saúde dela.

Os acessórios paralelos também oferecem risco ao componente responsável pelo gerenciamento de energia do iPhone, o chip U2, chegando a queimá-lo. É ele quem faz o reconhecimento adequado do smartphone a um computador pelo iTunes ou em um Mac pelo Finder.

Mantenha o software do seu iPhone sempre atualizado

As atualizações de software da Apple muitas vezes incluem tecnologias avançadas para economizar energia. Por isso, é importante manter o seu dispositivo com a versão mais recente do iOS, macOS ou watchOS.

Preserve a temperatura do seu aparelho

A temperatura ideal para manter o seu iPhone se encontra entre 16 e 22 ºC. Evite ao máximo expor o seu aparelho a temperaturas acima de 35 ºC. Esse aumento pode causar danos permanentes à capacidade da bateria e ela não carregará o dispositivo o suficiente.

O carregamento do dispositivo em temperaturas altas pode causar danos ao software do aparelho, e limitar a carga a 80% se a temperatura da bateria exceder o limite recomendado. Para o iPhone, iPad, iPod e Apple Watch, as temperaturas satisfatórias são 0 e 35 °C. Já o MacBook funciona melhor na faixa entre 10 e 35 °C.

Expor o smartphone ao sol por muito tempo, perto de um forno ou dormir sobre ele pode causar uma sobrecarga de calor, provocando danos à bateria e, possivelmente, à sua saúde. É muito importante colocar o dispositivo em um local fresco e ventilado enquanto estiver conectado a um adaptador.

Não se esqueça de remover a capa para carregar o dispositivo

Alguns tipos de capa podem gerar calor excessivo enquanto o carregamento do iPhone é realizado, e isso pode afetar a capacidade da bateria. Se o seu dispositivo esquentar enquanto estiver carregando, retire a capa. Nos modelos Apple Watch Edition, não esqueça de retirar o estojo de carregamento magnético.

Sempre que preciso, ative o Modo de Pouca Energia

O Modo de Pouca Energia foi lançado juntamente com o iOS 9 e é um jeito prático de fazer a bateria do seu iPhone durar por mais tempo. O aparelho avisa quando restam 20% e 10% da carga e você pode ativar esse modo com um toque ou acessando Ajustes > Bateria.

O Modo de Pouca Energia realiza as funções de redução do brilho da tela e das animações do sistema, além de otimizar o desempenho do smartphone. Apps como o Mail não baixam conteúdo em segundo plano, e recursos como AirDrop, sincronização com o iCloud e Continuidade são desativados.

Você pode continuar usando as funções básicas, como fazer e receber ligações, enviar e-mails, mensagens e acessar a Internet. Quando o telefone é carregado, o Modo de Pouca Energia é desativado automaticamente.

Agora você já sabe como manter a saúde da bateria do seu dispositivo. É importante destacar que o gerenciamento de desempenho da Apple está em constante melhoria de desempenho, e analisa uma combinação de temperatura do dispositivo, estado de carga da bateria e impedância da bateria. Se essas variáveis exigirem, o iOS gerenciará dinamicamente o desempenho máximo de alguns componentes do sistema, como CPU e GPU, e assim consegue evitar desligamentos inesperados. Dessa forma, as cargas de trabalho do dispositivo serão automaticamente equilibradas, permitindo uma melhor distribuição de tarefas do sistema, em vez de picos rápidos e maiores de desempenho de uma só vez.

Precisando de reparo ou manutenção no seu Apple? Confie na Maior Especialista Apple do Paraná. iService